Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

Olá a todos!

Bem-vindos à UC de Multimédia e Arquitecturas Cognitivas do Programa Doutoral em Multimédia em Educação.

Durante esta semana, e até à sessão presencial da próxima sexta-feira, lançarei alguns conteúdos para os quais solicito o vosso comentário/sugestão/crítica/you name it.

Para começar, gostaria de ler a vossa posição relativamente a este vídeo do Mike Wesch.

Boas discussões,

Luís Pedro


Who is Who: Interview with Mike Wesch
- Watch more Videos at Vodpod.



De martapinto a 9 de Fevereiro de 2011 às 23:27
O que eu considero é que o ideal de teaching ” é o que Wesch denomina como “Anti teaching ”: inspiring good questions and not giving them students ) the answers ”. Como professora do 2º ciclo do Ensino Básico não me é possível recordar a quantidade de vezes que entre alguns colegas esta questão foi falada, na qual se afirmou que teaching ” não é dar aos alunos todas as respostas, afirmando convictamente a necessidade de inspirar mais questões nos alunos. As questões são de facto muito importantes para motivar a aprendizagem, para a tornar significativa. A pergunta inicial colocada a Wesch é: how do we learn in the Internet age? E a resposta não se centra na tecnologia, mas centra-se na inteligência colectiva e nos processos que melhor beneficiam a aprendizagem: colaboração; participação. Centra-se na inter-relação entre as pessoas de uma comunidade educativa. Centra-se no respeito, admiração, “love” que se tem pelos alunos, reconhecendo que cada um é inteligente e que activamente contribuirá para o ambiente de aprendizagem. A ideia que as instituições precisam de criar espaços (físicos e online) onde as pessoas podem encontrar-se para partilhar ideias e inspirarem-se mutuamente, na minha opinião responde à forma como muitos alunos já procuram hoje os grupos/comunidades online para partilhar e construir experiências, ter a sua voz ouvida. Talvez até se aproxime do conceito dos espaços de tertúlia, mas tirá-los do “café” e trazê-los para a instituição :). Igualmente me parece fundamental que Wesch afirme que os ambientes de aprendizagem que “estão em todo o lado”, em todos os dispositivos através dos quais acedemos a esses espaços, não tornam a escola menos importante. A escola é importante porque a comunidade é a chave para a inteligência colectiva “nós”, para a conexões a outras pessoas. Até neste programa doutoral já sentimos a necessidade destes encontros presenciais no espaço físico da UA, que permitem um trabalho nos espaços online muito mais envolventes, motivados e produtivos. Concluo reafirmando que o que Wesch afirma como “anti teaching ” é o que idealizo como teaching ” em pleno. Viva o “anti teaching ” e todos os ambientes de aprendizagem físicos ou online que o sustentem :)


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?



Email

Password



Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Artigos recentes

Avaliação MAC

Design thinking

Trabalho Individual

Critical thinking

Sessão de discussão a dis...

Livros Digitais. O Futuro...

Teaching in the 21st cent...

Wiki e trabalho da turma

A formação de professores

Plágio na era digital

Arquivo

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Arquivado em

2011_12

abertura

actividades

agradecimento

aha

alerta

aprendizagem

aprendizagens significativas

apresentações

áreas

arquiteturas cognitivas

avaliação

aviso

a_época_de_futebol_acabou_ontem

blogroll

bolsas

box

ciências sociais

cognição

colaboração

comentários

conferência

construtivismo

conteúdo

contributo

convergência

credenciais

critérios

critical

data

datas

deadline

debriefing

design thinking

distância

documentos

dúvida

educação

educação_inclusiva

ensino

era digital

esclarecimentos

espírito crítico

estratégias

estrutura

estudo_de_caso

et_voilá

fct

formação de professores

gbl

gee

geert

grupo 3

grupo2

grupo3

guiões

hello

hora

independence

iniciais

início

innovation

intellectual

interacção

investigação

james

jogos

keynote

layout

lidia

local

mac

margarida

metodologias

mie

mission_completed

mme

mmed

mmedu

motivation

mudanças

multimédia

negociação

notas

oliveira

organização

o_campeonato_acabou_para_o_scp

o_verdadeiro_post

ple

programa

progresso

sapo_campus

seminário

sessão_presencial

shutting_off_problems

sime

tecnologia

trabalho

tumblr

wiki

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds